Câmara de Estância solicita que juiz autorize depósito em contas nominais de servidores do Amparo de Maria


As galerias da Câmara Municipal de Estância foram lotadas pelos servidores do Hospital Amparo de Maria, na sessão desta quarta-feira (28) à tarde. Na oportunidade o presidente da Casa de Leis, vereador André Graça, elencou entre as matérias da ordem do dia, dois requerimentos de urgência: o de Nº 51/2019 no qual a Corte Legislativa convida o governador do estado Belivaldo Chagas, o prefeito de Estância Gilson Andrade, o juiz da 1ª Vara Cível da Comarca de Estância, Guilherme Diamantino de Oliveira e os dois interventores do Hospital Amparo de Maria, José Magno e Joaldo dos Santos, a comparecerem ao Plenário da Casa Legislativa, em data previamente agendada, com a finalidade de discutir a problemática que atinge a citada Casa de Saúde.

O segundo requerimento (Nº 52/2019) encaminha solicitação dos Pares ao magistrado Guilherme Diamantino de Oliveira Weber no sentido de que os recursos disponibilizados em conta judicial sejam creditados nas contas nominais dos servidores do referido hospital, “em razão do estado de necessidade em que estão passando os funcionários com mais de três meses de salários em atraso. Com essa ação, logo, amenizar o sofrimento da categoria”, destacou o vereador e líder do prefeito, Misael Dantas Soares.

As duas matérias receberam aprovação universal dos parlamentares. Em plenário pronunciaram-se favoráveis aos servidores do hospital os edis: Tito Magno, Artur Oliveira, Dode, Chica do Fato, Dionísio Neto, Sandro de Bibi, Misael Dantas.

 

 

Ascom CME
Genílson Máximo