Vereadores subscrevem Indicação que visa Escola Cívico-Militar em Estância

 

A Indicação de Nº 180/2019 recebeu apoio expressivo dos vereadores de Estância, na sessão ordinária desta quarta-feira, 25. A matéria tem como proponente o vereador Tertuliano Pereira, que pediu aos seus Pares que a subscrevessem e assim aconteceu.

A Indicação tem como escopo sensibilizar o prefeito Gilson Andrade para que analise a possibilidade de atender a solicitação feita pela vice-prefeita Adriana Leite, que por meio de ofício dirigido ao presidente Bolsonaro, requer para a cidade de Estância a implantação de uma Escola Cívico-Militar.

De acordo com o proponente “o projeto-piloto do governo federal acende o interesse de estados e municípios que partem na corrida em busca de se candidatarem. O governo federal pretende implantar essas escolas em mais de 200 cidades brasileiras até 2023. Ainda para este ano o governo disponibiliza mais de 50 projetos que devem acontecer em parceria com municípios e estados”, revelou Tertuliano.

“Peço ao prefeito Gilson Andrade que avalie e fortaleça com carinho esse pleito da vice-prefeita Adriana Leite. Podendo a unidade escolar ser construída em área do Município ou como foi colocado em área particular. Estância terá a chance de se candidatar até o dia 27 (sexta-feira), não deixemos que essa chance escape”, realçou.

Por fim, o edil apresentou moção de congratulações a vice-prefeita pela iniciativa de ir em busca da escola cívico-militar para município.

Quando esteve como prefeita-interina, Adriana Leite encaminhou ofício ao presidente Jair Bolsonaro no qual pedia que o município de Estância fosse incluído na lista dos municípios a serem contemplados com a implantação de uma escola cívico-militar. Dias depois a prefeita em exercício recebeu ofício do Ministro da Educação, Abraham Weintraub, no qual respondia que o pleito seria objeto de análise.

O Município   tem até  o dia 27 (sexta-feira) para  se inscrever no edital lançado pelo MEC. A resposta do ministro da Educação, disse a vice-prefeita, que a encaminhou  ao prefeito e  aos vereadores. Havendo a parceria, a professora Adriana Leite sugeriu as escolas Laura Costa ou Núbia Nabuco, no Bairro Cidade Nova.

 

Ascom CME

Genílson Máximo