Vereadores apelam à Secretária da Agricultura ajuda  para Matadouro de Estância

Na manhã desta segunda-feira (12), uma Comissão formada por oito vereadores – Cristóvão Freire, Pedro Benjamin, Artur Oliveira, Edivaldo da Praia, Josefa Francisca, José Paes, Misael Dantas – foi à capital pedir a interveniência da secretária de Estado da Agricultura, Rose Rodrigues, levando no alforje o pedido de ajuda para o Matadouro Municipal “José Gravatá”.

A Comissão busca, via governo do estado, meios que possam impedir a interdição ou fechamento do referido matadouro que é peça de uma ação ajuizada pelo MP/SE que cobra do Município soluções para os problemas de ordem ambiental elencados pelo órgão fiscalizador.

De acordo com o vereador Léo de FA, coordenador da Comissão, ficou consertado com a secretária Rose Rodrigues que na próxima semana – não definiu o dia – representantes da Defesa Civil Estadual e EMDAGRO virão à Estância para uma visita técnica ao citado matadouro municipal.

A viabilidade da audiência se deu mediante ao Requerimento Nº 65/2018 que teve como proponente o vereador Alex Porto (PSDC), aprovado por unanimidade em recente sessão.

“Nós estamos preocupados com os empregos ali gerados em que dezenas de pais de famílias tiram dali o sustento dos filhos. Se o matadouro vier a ser interditado, além de desempregar esses trabalhadores, o fornecedor de gado tem que enviar o gado para ser abatido em Propriá ou Itabaiana e esse custo será repassado para o consumidor. Então, nós fomos hoje ter essa conversa com a secretária Rose Rodrigues e estamos confiantes que o Estado possa nos ajudar. Eu quero agradecer aos meus Pares que nos ajudou a formar essa comissão e mostrar que a Câmara Municipal está trabalhando em parceria com a Prefeitura para que possamos encontrar uma solução que seja boa para todas as partes”, externou o vereador Léo.

O secretário municipal da Agricultura, Carlos Blinofi, se fez presente ao encontro e roborou ainda mais o pleito defendido pela citada Comissão.

 

Ascom CME