Vereador Sandro de Bibi  irá representar Coopertalse no MP

O vereador Sandro de Bibi  (Republicanos), no pequeno expediente da sessão ordinária dessa quarta-feira, 11, voltou a cobrar da SMTT uma atitude que faça a empresa de transporte de passageiros Coopertalse atender os moradores  do Bairro Cidade Nova com o serviço de desembarque à noite.

“Fizemos esta cobrança em meados de 2019 e até o presente momento não tomaram nenhuma providência contra a Coopertalse. Fica a sensação de empacotar vento. A gente fala, pede, e nada acontece em relação à Coopertalse quando se trata de atender ao Bairro Cidade Nova”, sublinhou.

Em sua alocução revelou que procurou o advogado da Câmara para construir uma representação pública contra a Coopertalse.  “Nós vamos entrar contra a Coopertalse junto ao MP de Estância para que seja discutida a entrada ao Bairro Walter Cardozo Costa no retorno da capital  à noite”, realçou.

 “Não tem justificativa que convença  não atender. A Astrasues atende, entra no citado bairro e porque a Coopertalse  também não pode entrar ”, indagou.

“Disseram que ali – entrada da Cidade Nova – é o DNIT que regulamenta. Mas, o que não me entra na cabeça é que não tem DNIT quando é para embarcar passageiros na mini-rodoviária. Então, vê-se que eles querem só o filé. Pega o passageiro na ida, mas no retorno joga-o do outro lado da BR e esses passageiros ficam a disputar espaço com os veículos, sob iminente risco de acidente”, concluiu.

 

Ascom CVE

Genílson Máximo